Inscrições

Inscreva-se já!

Programação

Programação do evento!

Trabalhos

Confira os trabalhos aprovados!

Mensagem da Presidente

Mestre Roberto Rodrigues afirmou que “a Agricultura é a aliança perfeita entre o homem e seu Criador”. E eu acredito verdadeiramente que quando exercemos o Agro semeamos a paz, a vida e as amizades.

Em comemoração ao Ano Internacional da Saúde Vegetal e atentos a tudo o que estamos vivendo, principalmente a necessidade de implementar verdadeiramente os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS, a AEARJ traz em todas as atividades propostas do Congresso uma comunicação técnica, porém totalmente acessível à sociedade, onde falaremos de Fitossanidade – Produção, Tecnologia e Sustentabilidade.

Teremos ainda, atualização profissional através de Cursos, Mesas Redondas com convidados de alto nível e temas atuais, apresentação de trabalhos científicos, nos quais os pais terão a oportunidade de assistir, da poltrona de casa, o que seus filhos produzem na universidade, um verdadeiro prêmio para cada pai que investe na Educação de seus filhos. E Cultura, que vem de quem produz, de quem nos alimenta e mantem nossas raízes vivas!

Nessa edição temos muitas novidades e uma delas é a cerimônia do Prêmio Johanna Döbereiner 2020, que tem como profissional agraciado nesta edição o Engenheiro Agrônomo Antônio Carlos Simões Florido e o IBGE, pelo Centenário do Censo Agropecuário, durante a programação do Congresso, dia 15/10, às 17h20.

O Prêmio é concedido anualmente, com o objetivo de expressar o reconhecimento às personalidades ou instituições e entidades que tenham se distinguido por suas posições, ações, trabalhos, estudos e projetos na área da Agronomia. Quer saber mais sobre este exemplo de mulher, mãe, avó, engenheira agrônoma, pesquisadora que dá nome ao prêmio, …participe!

Saibam que o Rio de Janeiro está sempre de braços abertos para todos e que o nosso Evento tem as bênçãos e o Dedo de Deus. Bem-vindos ao IX CEA/RJ!

Ana Paula Guimarães de Farias
Presidente do IX CEA e da AEARJ

 

Comissão Organizadora

Ana Paula Guimarães de Farias (Presidente)

José Leonel Cortez Diniz Rocha Lima

Alba Leonor da Silva Martins

Débora Candeias Marques

José Erivaldo Barros

Sabrina da Costa de Oliveira

Comissão Organizadora Regional

Metropolitana – Kátia Ferreira Ramos

Noroeste Fluminense – Antônio Floriano Peixoto

Norte Fluminense – Carlos Frederico Menezes Veiga

Serrana – José Joaquim Ávila de Oliveira

Médio Paraíba – Walter Martins Câmara Júnior

Centro-Sul Fluminense – Luciano Gonçalves de Lima

Comissão Temática e Comissão técnico-científica

Alba Leonor da Silva Martins

Débora Candeias Marques

Comissão de Captação de Recursos

Ana Paula Guimarães de Farias

José Leonel Rocha Lima

Pedro Luiz de Freitas

Elpídio Cromemberg Júnior

Comissão de Mobilização e Comunicação

Celma Domingos de Azevedo

Gilberto Fugimoto de Andrade

Fábio Gomes Soares

Inscrições


ATENÇÃO:
será disponibilizado link para download dos certificados de participação e apresentação de trabalhos em até 7 dias úteis após o Congresso.

Fiquem Ligados: O congresso é AO VIVO e as apresentações não estarão disponíveis após a transmissão ser finalizada.

Encontre abaixo as categorias e valores de inscrição.
Ao se inscrever em categoria de estudante, o respectivo comprovante será solicitado durante a inscrição.
Tenha o arquivo válido antes de iniciar o processo.

Associado

GRATUITO

Não Sócio

R$ 40,00

Estudante

RS 20,00

Regras sobre as categorias Sócios

Poderão se inscrever como SÓCIOS os que estiverem com a anuidade 2020 da AEARJ quitada.

Caso não seja sócio ou não esteja quite com a AEARJ, deverá se inscrever na categoria NÃO SÓCIO ou regularizar sua situação junto a Associação.

Regras sobre as categorias Estudantes

Somente serão aceitos na categoria ESTUDANTE os participantes matriculados em curso de graduação e Pós Graduação, mediante a comprovação por documento emitido por sua Instituição de Ensino (data de validade 2020).

É obrigatório anexar o comprovante no sistema de inscrições online. Caso o mesmo não seja aprovado pela organização, o participante deverá pagar a diferença do valor para a categoria NÃO SÓCIOS.

 

IMPORTANTE – A AEARJ,  é uma organização não governamental sem fins lucrativos e não emite nota fiscal. Este documento poderá ser substituído por recibo de pagamento acompanhado da Declaração de Isenção de NF. Solicite essa declaração à nossa secretaria executiva.

 

Regras para Cancelamento

As solicitações deverão ser enviadas para o e-mail cearj2020@usbrasildigital.com pelo próprio participante, com o assunto IX CEA | Reembolso. No corpo do e-mail deve constar o motivo do cancelamento, o nome do Titular da conta, CPF, Banco, Agência e Conta para realizarmos o reembolso.

  • Prazo para recebimentos dos pedidos: 08/09/2020.
  • Inscrições pagas via cartão de crédito: retorno de 94% do valor, pois 6% serão retidos por taxas bancárias.
  • Inscrições pagas via boleto: retorno de 95,5% do valor, pois 4,5% serão retidos por taxas bancárias.
  • Previsão do depósito: até 30 dias úteis após a solicitação

Após a data limite para solicitação de cancelamento de inscrição não serão mais aceitas e nem realizados reembolsos dos valores pagos.

Trabalhos

 

Anais IX CEA/RJ
Programação dos Trabalhos


ATENÇÃO:
Prazo de Submissão Encerrado!


CERTIFICADO DE APRESENTAÇÃO

Os trabalhos cujo vídeo de apresentação foi enviado no formato e prazo estabelecidos farão jus ao certificado de apresentação de trabalhos. O certificado contará com título e nome de todos os autores, bem como nome do apresentador.

Caso haja qualquer conflito de informação no certificado após a sua emissão, entre em contato via e-mail cearj2020@usbrasildigital.com Não se esqueça de informar o título do trabalho e o que precisa ser ajustado.

Será disponibilizado link para download dos certificados em até 7 dias úteis após o Congresso.

Programação

**Programação Preliminar sujeita a alterações

baixe o PDF da programação CONHEÇA OS PALESTRANTES CONFIRMADOS

Clique aqui para acessar os Anais do IX CEA/RJ (arquivo preliminar)

TEMA CENTRAL DO CONGRESSO:
FITOSSANIDADE – PRODUÇÃO, TECNOLOGIA E SUSTENTABILIADE

  • 15h às 17h – Abertura do CEA

    Composição da Mesa:

    • Ana Paula Guimarães de Farias (Engenheira Agrônoma, Presidente da AEARJ)
    • Marcelo Queiroz (Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento)
    • MSc. Renata Briata (Superintendente Federal de Agricultura – SFA/RJ/MAPA)
    • MSc. Fernando Mendes (Secretário de Agricultura de Teresópolis)

    Palestra Magna: “Ano Internacional da Saúde Vegetal”

    • Dr. Evaldo Ferreira Vilela (Engenheiro Agrônomo, Presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq)

    A AEARJ comemora no IX Congresso Estadual de Agronomia o Ano Internacional das Nações Unidas para a Saúde Vegetal (AISV), em apoio a declaração da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), que escolheu o ano de 2020 para aumentar a conscientização mundial sobre como proteger a sanidade das plantas, ajudando a erradicar a fome, reduzir a pobreza, proteger o meio ambiente e impulsionar o desenvolvimento econômico.
    Mas o ano se tornou uma verdadeira prova de fogo para todas as nações, deixando claro que a Agronomia e os profissionais que lhe dão alma são imprescindíveis nas ações de segurança alimentar e inocuidade de alimentos. Não esquecendo da imensurável atuação dos produtores frente a pandemia do COVID-19 e demais profissionais, que de forma direta ou indiretamente garantiram a continuidade das atividades produtivas e a disponibilidade de alimentos saudáveis.
    Com sua importância inegável neste cenário, os serviços prestados pela Defesa Agropecuária de todos os países, merecem destaque neste Congresso e em nosso cotidiano, afinal a saúde humana tem início na saúde dos alimentos e do ambiente.

  • DEFESA SANITÁRIA VEGETAL

    10h às 12h – MINICURSO – Sistema de Rastreabilidade para Engenheiros Agrônomos (Parte 1)

    Ministrante: Dr. Noé Xavier da Silva (Empresário, Sócio-fundador da IDHA TECNOLOGIA)

    O produtor, o profissional, o comerciante e as empresas envolvidas no processo de distribuição de frutas e legumes sofrem muitas exigências, que são complexas de serem colocadas em prática.

    O curso sobre rastreabilidade demonstrará soluções que auxiliarão ao profissional no cumprimento destas exigências, contribuindo para evolução dos níveis de qualidade dos produtos com diminuição dos custos, melhoria dos processos de produção e segurança na comercialização dos alimentos.

    A rastreabilidade está revolucionando o mercado de hortifrúti e ampliará o mercado de trabalho das Engenheiras e Engenheiros Agrônomos, profissionais com atribuições garantidas e reconhecidas, sendo habilitados como consultores e responsáveis técnicos de produtores e  empreendimentos que empregam as  boas práticas de produções e principalmente dos produtos rastreados, que poderão ser comercializados nos diversos níveis de mercado.

    A visão técnica e experiência comercial da equipe do IDHA possibilitou o desenvolvimento de soluções eficientes com tecnologia de ponta, principalmente acessível aos responsáveis técnicos, com sistemas preparados de acordo com as diretrizes de órgãos nacionais e internacionais.


    15h às 17h – MESA REDONDA – Defesa Sanitária Vegetal Fluminense – missão, experiências, objetivos e desafios

    Moderador: MSc. Gilberto Fugimoto (Engenheiro Agrônomo, Criador do Método Agro Inovação, Diretor de Comunicação da CONFAEAB)

    Painelistas:

    • MSc. Leonardo Vicente da Silva (Engenheiro Agrônomo, Coordenador de Controle de Agrotóxicos CDV/SDA/SEAPA)
    • Dr. Antônio José de Araújo Moreira (Auditor Fiscal Federal Agropecuário – (SISV/DDA/SFA-RJ))
    • Ilso da Silva Lopes Júnior (Engenheiro Agrônomo, Coordenador Estadual de Defesa Vegetal – CDV/SDA)
    • Marcelo Monteiro da Costa (Diretor Técnico da EMATER/Rio)

    17h – 18h – PROGRAMAÇÃO CULTURAL
    Série Harmoniza: Nutrindo as Redes

    3 episódios do projeto Nutrindo as Redes, contemplada pelo edital Cultura Presente Nas Redes, da Secretaria de Estado De Cultura e Economia criativa do RJ, e propõe a celebração e valorização da identidade local de municípios do Estado, visitando o conhecimento tradicional e propondo seu uso na gastronomia contemporânea, através de receitas criadas pela cozinheira.


    18h às 19h20 – SESSÃO DE TRABALHOS – CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A PROGRAMAÇÃO

  • DEFESA SANITÁRIA VEGETAL

    10h às 12h – MINICURSO – Sistema de Rastreabilidade para Engenheiros Agrônomos (Parte 2)

    Ministrante: Dr. Noé Xavier da Silva (Empresário, Sócio-fundador da IDHA TECNOLOGIA)

    O produtor, o profissional, o comerciante e as empresas envolvidas no processo de distribuição de frutas e legumes sofrem muitas exigências, que são complexas de serem colocadas em prática.

    O curso sobre rastreabilidade demonstrará soluções que auxiliarão ao profissional no cumprimento destas exigências, contribuindo para evolução dos níveis de qualidade dos produtos com diminuição dos custos, melhoria dos processos de produção e segurança na comercialização dos alimentos.

    A rastreabilidade está revolucionando o mercado de hortifrúti e ampliará o mercado de trabalho das Engenheiras e Engenheiros Agrônomos, profissionais com atribuições garantidas e reconhecidas, sendo habilitados como consultores e responsáveis técnicos de produtores e  empreendimentos que empregam as  boas práticas de produções e principalmente dos produtos rastreados, que poderão ser comercializados nos diversos níveis de mercado.

    A visão técnica e experiência comercial da equipe do IDHA possibilitou o desenvolvimento de soluções eficientes com tecnologia de ponta, principalmente acessível aos responsáveis técnicos, com sistemas preparados de acordo com as diretrizes de órgãos nacionais e internacionais.


    15h às 17h – MESA REDONDA – Segurança Alimentar e Inocuidade de Alimentos – Boas práticas de produção, logística, comercialização e rastreabilidade.

    Moderador: MSc. Gilberto Fugimoto (Engenheiro Agrônomo, Criador do Método Agro Inovação, Diretor de Comunicação da CONFAEAB)

    Painelistas:

    • Dr. Antônio Carlos Sá de Gusmão (Professor e Vice Coordenador de Engenharia de Recursos Hídricos e do Meio Ambiente – UFF/ Niterói)
    • Margarete Teixeira (Gerente Geral e Assessora da Diretoria na UNACOOP)
    • José Leonel Rocha Lima (Engenheiro Agrônomo, Extensionista Rural da EMATER-Rio)

    Especialistas  nos assuntos abordarão a temática  de forma a demonstrar como a adoção de boas práticas  de produção, a rastreabilidade, a logística e a comercialização podem  colaborar para garantir  a segurança alimentar e o acesso à alimentos seguros e de qualidade  no Estado do Rio de Janeiro.


    17h às 18h – PROGRAMAÇÃO CULTURAL
    Apresentação da Camerata de Violões Arealense

    Maestro:
    Professor Marcelo Almeida
    Músicas:
    Anunciação – Alceu Valença
    Wish You Were Here – Pink Floyd

     


    18h às 19h20 – SESSÃO DE TRABALHOS – CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A PROGRAMAÇÃO

  • 10h às 12h – MINICURSO – Inovação Tecnológica no Controle de Agrotóxicos no Estado do RJ (Parte 1)

    Ministrante: MSc. Leonardo Vicente da Silva (Engenheiro Agrônomo, Coordenador de Controle de Agrotóxicos CDV/SDA/SEAPA)

    A tecnologia tem contribuído com soluções disruptivas que modificaram os processos nos mais diversos setores da economia.
    Da biotecnologia à alta conectividade, as novas ferramentas digitais modificam e otimizam todas as etapas do ciclo produtivo. Isso traz maior produtividade, redução de custos, agilidade e segurança alimentar para o campo.

    Neste contexto, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, através da Coordenadoria de Defesa Vegetal está disponibilizando aos Engenheiros Agronômos um ferramenta digital para emissão das Receitas Agronômicas.  No treinamento, será capacitado a emitir corretamente o Receita Agronômico de acordo com a legislação vigente, identificando o produto, a cultura x praga e selecionando os registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e cadastrado no Estado, ainda utilizar-se da semiotécnica agronômica.

    Espera-se que esses avanços tecnológicos sejam capazes de tornar as operações do campo mais precisas e eficientes, reduzindo a aplicação de água e insumos agrícolas.


    15h às 17h – MESA REDONDA – Desafios e Oportunidades no Mercado de Trabalho em Agronomia

    Moderador: MSc. Gilberto Fugimoto (Engenheiro Agrônomo, Criador do Método Agro Inovação, Diretor de Comunicação da CONFAEAB)

    Painelistas: 

    • MSc. Gilberto Fugimoto (Engenheiro Agrônomo, Criador do Método Agro Inovação, Diretor de Comunicação da CONFAEAB)
    • Dr. Luís Humberto Villwock (Engenheiro Agrônomo, Consultor do IICA)
    • Professor Dr. Mateus Mondin (Engenheiro Agrônomo, Líder Científico do CYNGELA)

    A falta de emprego é uma realidade cada vez mais presente entre aqueles que buscam oportunidades profissionais. A pandemia só veio agravar ainda mais uma dinâmica que há tempos vem se instalando na civilização contemporânea.
    A esse panorama, acrescentam-se 10 mil engenheiros agrônomos que desembarcam anualmente das Escolas de Agronomia procurando empregos cada vez mais raros.
    Diante da escassez de empregos e da demanda por serviços, se faz necessário pensar novos caminhos da Agronomia no mercado de trabalho.
    É preciso descobrir novas oportunidades e saídas de empreendedorismo a despeito de sua lacuna na formação acadêmica.


    17h às 18h – PROGRAMAÇÃO CULTURAL
    Apresentação do filme: Um Jantar no Sambaqui

    A comida e a artesania foi a linguagem escolhida pela artista Liana Turrini para transcorrer sobre a pré-história da região dos lagos, vai voltar no tempo 6.000 anos para simular a vida num sambaqui, cidadela de concha, morada dos primeiros habitantes do litoral fluminense. Um jantar com utensílios de pau e pedra, lenha e coleta de recursos da restinga e do mar será o fio condutor para o público vivenciar a cultura sambaquiana e sua influência na memória identitária local.


    18h às 19h20 – SESSÃO DE TRABALHOS – CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A PROGRAMAÇÃO

  • 10h às 12h – MINICURSO  – Inovação Tecnológica no Controle de Agrotóxicos no Estado do RJ (Parte 2)

    Ministrante: MSc. Leonardo Vicente da Silva (Engenheiro Agrônomo, Coordenador de Controle de Agrotóxicos CDV/SDA/SEAPA)

    A tecnologia tem contribuído com soluções disruptivas que modificaram os processos nos mais diversos setores da economia.
    Da biotecnologia à alta conectividade, as novas ferramentas digitais modificam e otimizam todas as etapas do ciclo produtivo. Isso traz maior produtividade, redução de custos, agilidade e segurança alimentar para o campo.

    Neste contexto, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, através da Coordenadoria de Defesa Vegetal está disponibilizando 

    aos Engenheiros Agronômos um ferramenta digital para emissão das Receitas Agronômicas.  No treinamento, será capacitado a emitir corretamente o Receita Agronômico de acordo com a legislação vigente, identificando o produto, a cultura x praga e selecionando os registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e cadastrado no Estado, ainda utilizar-se da semiotécnica agronômica

    Espera-se que esses avanços tecnológicos sejam capazes de tornar as operações do campo mais precisas e eficientes, reduzindo a aplicação de água e insumos agrícolas.


    15h às 17h – MESA REDONDA – O Engenheiro Agrônomo e os desafios agroambientais do Estado do Rio de Janeiro

    Moderador: MSc. Gilberto Fugimoto (Engenheiro Agrônomo, Criador do Método Agro Inovação, Diretor de Comunicação da CONFAEAB)

    Painelistas:

    • Dr. Felipe Brasil (Engenheiro Agrônomo, Sócio Diretor na Costa Brasil Engenharia, Meio Ambiente e Agropecuária)
    • Carlos Alberto Piano Rocha (Engenheiro Agrônomo, Representante AEARJ)
    • Dr. Fabiano de Carvalho Balieiro (Engenheiro Agrônomo, Pesquisador da EMBRAPA Solos e Professor da UFRRJ)

    Considerando as demandas e oportunidades apresentadas, esta mesa tem por objetivo reunir três Engenheiros Agrônomos com destacada atuação no setor agroambiental, para compartilhar suas experiências e destacar os desafios e oportunidades da atuação profissional do Engenheiro Agrônomo no setor agroambiental do Estado do Rio de Janeiro.As questões ambientais tem alcançado cada vez mais espaço no mundo empresarial, quer seja pelas obrigações legais, ou pelas diversas demandas surgidas a partir do conceito de sustentabilidade. Dentre os 17 ODS – objetivos do desenvolvimento sustentável da ONU se destacam o ODS 2, que se intitula “Fome Zero e Agricultura Sustentável” e o ODS 12 “Consumo e Produção Sustentável”, com metas importantes a serem atingidas até 2030. Desta forma, considerando as obrigações da adequação ambiental legal das propriedades rurais, com destaque ao Código Florestal, e a legalização das diferentes etapas da cadeia do agronegócio em conjunto com estas demandas do desenvolvimento sustentável, inúmeras são as oportunidades de trabalho para o Engenheiro Agrônomo no Estado do Rio de Janeiro e no Brasil. Os serviços relacionados ao CAR – Cadastro Ambiental Rural, a demanda pela Recuperação de Áreas Degradadas quer seja pelas diferentes técnicas de Restauração Florestal, Recuperação de Pastagens, e dos Sistemas Integrados de Produção como as ILPF ou SAFs, e o Licenciamento Ambiental Agropecuário, tem se destacado e exigido cada vez mais profissionais capacitados para atender estas demandas.


    17h20 às 18h20PRÊMIO JOHANA DÖBEREINER (Evento aberto ao público)
    – Link da transmissão ao vivo na TV CREA: https://bit.ly/3ljIi8N 

     

  • 15h às 17h – MESA REDONDA – Agricultura Fluminense – Antes, durante e Pós COVID-19

    Moderador: MSc. Gilberto Fugimoto (Engenheiro Agrônomo, Criador do Método Agro Inovação, Diretor de Comunicação da CONFAEAB)

    Painelistas:

    • Dr. Ednaldo Araújo (Engenheiro Agrônomo, Pesquisador da EMBRAPA)
    • MSc. Arivaldo Ribeiro Viana (Coordenador de Pesquisa da PESAGRO-RIO)
    • Luciano Gonçalves de Lima (Engenheiro Agrônomo, Assessor de Agronegócio do Banco do Brasil)
    • Glauco Souza Barradas (Representante da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento – SEAPPA)

    O Rio de Janeiro precisa alimentar uma população estimada de 17.366.189 de habitantes, com rendimento per capita de R$ 1.882 (IBGE de 2020). Em 2020 boa parte da produção responsável pela alimentação do cidadão Fluminense teve sua origem nos 65.224 estabelecimentos agropecuários, que juntos foram responsáveis por um faturamento de aproximadamente 3,5 bilhões de reais (CEPERJ, 2020). Além disso, vale considerar o desempenho e a importância da CEASA-RJ, com cerca de 2 mil agricultores cadastrados, que em 2019, movimentou o equivalente da 2.28 bilhões (CONAB, 2020).

    Nesse contexto, comprometida com o Agronegócio Fluminense e ciente da importância do setor agropecuário para o desenvolvimento das comunidades rurais e fornecimento de alimentos saudáveis para a população, a Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado do Rio de Janeiro – AEARJ, coloca na pauta do IX Congresso Estadual de Agronomia – CEA: “Agricultura Fluminense – Antes, durante e Pós COVID-19.”

    Desta forma, especialistas do setor estarão reunidos, no dia 20 de outubro, das 15 às 17 horas, em ambiente virtual, para avaliar o cenário atual da agricultura, considerando os indicadores oficiais anteriores ao COVID-19 e os efeitos da pandemia para as diversas cadeias produtivas que compõem o agronegócio do Estado.

    Espera-se, ao seu tempo, que a mesa redonda seja capaz de trazer para o evento novas propostas, informações e soluções que, de alguma forma, possam contribuir para melhoria dos indicadores do setor e, além disso, gerar conhecimento que possa ser internalizado pelos congressistas.


    17h às 18h – PROGRAMAÇÃO CULTURAL
    Apresentação da Camerata de Violões Arealense

    Maestro:
    Professor Marcelo Almeida
    Músicas:
    Smells Like Teen Spirit – Nirvana
    Sozinho – Caetano Veloso


    18h às 19h20 – SESSÃO DE TRABALHOS – CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A PROGRAMAÇÃO

  •  

    15h às 17h – MESA REDONDA  – Agricultura do 1.0 ao 4.0. Onde estamos? Aonde precisamos chegar?

    Moderador: MSc. Gilberto Fugimoto (Engenheiro Agrônomo, Criador do Método Agro Inovação, Diretor de Comunicação da CONFAEAB)

    Painelistas:

    • Marcelo Aguiar (Coordenador de Inovação e Consultoria do SEBRAE-RJ)
    • Dra. Petula Ponciano Nascimento (Chefe Geral da EMBRAPA Solos – CNPS)
    • Dra. Silvia Maria Fonseca Silveira Massruhá (Chefe Geral da EMBRAPA Informática Agropecuária – CNPTIA)

    A mesa redonda visa, através de seus painelistas, discutir o tema central e demonstrar em que estágio se encontra o Estado do Rio de Janeiro na questão da Agricultura 4.0 e na proteção ambiental;

    Para tanto serão apresentadas as experiências de cada palestrante relacionadas ao tema, bem como, serão abordados os atrasos na transferência e na adoção de tecnologias, das mais simples àquelas mais complexas; a situação da aplicação efetiva de tecnologias já disponíveis apropriadas à realidade local, adequadas ao atendimento do público consumidor, e que não são adotadas.


    17h às 18h – PROGRAMAÇÃO CULTURAL
    Apresentação Cozinha Ancestral – Chef Márcia Fernandes

    KamanAfrica Na Cozinha: Como fazer Acarajé – Chef 


     

    18h às 19h20 – SESSÃO DE TRABALHOS – CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A PROGRAMAÇÃO

  •  

    15h às 17h – MESA REDONDA – Atribuição Profissional do Engenheiro Agrônomo – O que a Sociedade e o Empregador precisam saber?

    Moderador: MSc. Gilberto Fugimoto (Engenheiro Agrônomo, Criador do Método Agro Inovação, Diretor de Comunicação da CONFAEAB)

    Painelistas: 

    • MSc. Emílio Elias Mouchrek Filho (Engenheiro Agrônomo, Presidente da SMEA)
    • Professor Dr. Marcos Fava Neves (Engenheiro Agrônomo, Membro do Conselho da IFAMA)
    • José Adilson de Oliveira (Engenheiro Agrônomo, Consultor Técnico da Câmara Especializada de Agronomia – CEAGRO do Crea-ES)
    • Leonardo Lopes (Engenheiro Agrônomo no ITERJ)

    17h às 18h – PROGRAMAÇÃO CULTURAL
    Receitas das Chefs Nilce Naira e Márcia Fernandes

    Farofa de Camarão
    Acarajé
    Xinxin de Galinha


    18 às 19h20 – SESSÃO DE TRABALHOS – CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A PROGRAMAÇÃO

  • 15h às 17hMESA DE ENCERRAMENTO IX CEA

    Convidados:

    • Ana Paula Guimarães de Farias (Engenheira Agrônoma, Presidente da AEARJ)
    • Prof. Dr. Marcus Peixoto (Engenheiro Agrônomo, Consultor Legislativo do Senado Federal)
    • Prof. Dr. Raul Lopez Palacio (Reitor da Universidade Estadual do Norte Fluminense – UENF)
    • Nilo Sérgio de Medeiros Gomes (Graduando de Eng. Agronômica, Representante da FEAB)

    O Estado cumpre um papel decisivo na promoção do desenvolvimento socioeconômico sustentável e da redução das desigualdades sociais e regionais. Mas é nas grandes crises que se destaca a importância do Parlamento na modernização ou formulação de novos marcos regulatórios das políticas públicas e, em particular das políticas agrícolas. Algumas políticas são estratégicas não só para a agropecuária e as cadeias do agronegócio, mas para todo o País, dentre as quais podemos destacar:

    1) Regularização Fundiária Rural,2) Aquisição de Terras por Estrangeiros, 3) Pesquisa Agropecuária, no âmbito do novo SNCTI e do Sistema de Propriedade Industrial; 4) Assistência Técnica e Extensão Rural; 5) Defesa Agropecuária, 6) Seguro Rural/Gestão de Riscos Agropecuários, 7) Pagamento por Serviços Ambientais, e 8) redução de Perdas e Desperdício de Alimentos.

    Mas o monitoramento da implementação e a avaliação dos resultados das políticas públicas, que podem levar à sua reformulação, dependem essencialmente de dados e informações oficiais atualizados e de qualidade, que devem ser produzidos e disponibilizados pelos sistemas estatístico e geográfico nacionais, hoje compostos por cadastros e registros desconectados, superposição ações de coleta e com desperdício de recursos públicos, falta de integração e acesso difícil pelos usuários.

    Esses temas serão brevemente tratados na mesa de encerramento do IX CEA. Não perca!

Palestrantes

Carlos Alberto Piano Rocha (Engenheiro Agrônomo, Representante AEARJ)

Mesa Redonda: O Engenheiro Agrônomo e os desafios agroambientais do Estado do Rio de Janeiro | 15/10/2020 - quinta-feira | 15h - 17h

Eng. Agr. formado pela UFRRJ, em 1980. Produtor Rural de 1981 a 1991, e de 1996 a 1997. Coordenador de Projetos de Empresa de Consultoria Agropecuária, de 1998 a 2001. Fiscal Federal Agropecuário, de 2002 a 2016, e Auditor Fiscal Federal Agropecuário de 2016 a 30/10/2019, ambos do Ministério da Agricultura – MAPA. Atualmente: 1) Aposentado do MAPA. 2) Designado pelo Ofício AEARJ 080/2020, para representa-la nos temas e ações relacionados, à Implantação em Larga Escala de Boas Práticas Agropecuárias.

MSc. Emílio Elias Mouchrek Filho (Engenheiro Agrônomo, Presidente da SMEA)

Mesa Redonda: Atribuição Profissional do Engenheiro Agrônomo - O que a Sociedade e o Empregador precisam saber? | 27/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h
  • Engenheiro Agrônomo, Mestre em Zootecnia
  • Membro do Conselho Estadual de Política Agrícola – CEPA/MG
  • Membro do Conselho Estadual de Política Ambiental – COPAM/MG (Câmara de Proteção à Biodiversidade – CPB)
  • Consultor em Avicultura Industrial
  • Consultor em Gestão Ambiental de Empreendimentos Agropecuários e Agroindustriais
  • Presidente do Conselho Técnico-Científico e Ambiental da Associação dos Avicultores de Minas Gerais – AVIMIG
  • Supervisor de Fiscalização do Agronegócio do CREA-MG, de 2015 a 2020.
  • Vice-Presidente da Confederação dos Engenheiros Agrônomos do Brasil – CONFAEAB, em 02 (dois) mandatos – de 2013 a 2018 (6 anos)
  • Presidente da Sociedade Mineira de Engenheiros Agrônomos – SMEA

Dr. Felipe Brasil (Engenheiro Agrônomo. Sócio Diretor na Costa Brasil Engenharia, Meio Ambiente e Agropecuária )

Mesa Redonda: O Engenheiro Agrônomo e os desafios agroambientais do Estado do Rio de Janeiro | 15/10/2020 - quinta-feira | 15h - 17h

Engenheiro Agrônomo, Mestre e Doutor em Agronomia pela UFRRJ, Pós Doutorando em Engenharia Agrícola e Ambiental pela UFRRJ. Professor do Mestrado em Tecnologias Ambientais da UFF, Professor do Mestrado Profissional em Ciências Ambientais da Universidade Veiga Almeida – UVA, Sócio Diretor da empresa Costa Brasil, Engenharia, Meio Ambiente e Agropecuária, e Engenheiro Agrônomo responsável técnico da Empresa Ambiente Brasil Soluções Agroambientais. Coordenador do MBA de Gestão do Agronegócio do IBMEC Agro. Professor do MBA em Gestão de Negócios Imobiliários e Incorporações da FGV, e Professor do curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Faculdade Cesgranrio.

José Adilson de Oliveira (Engenheiro Agrônomo, Consultor Técnico da Câmara Especializada de Agronomia – CEAGRO do Crea-ES)

Mesa Redonda: Atribuição Profissional do Engenheiro Agrônomo - O que a Sociedade e o Empregador precisam saber? | 27/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

Eng Agrônomo e Advogado José Adilson de Oliveira – iniciou a vida profissional na ACAR-MG, hoje EMATER-MG, em Patos de Minas; trabalhou na CIBA-GEIGY, hoje, SYNGENTA, onde foi da Equipe que lançou os Herbicidas PRIMESTRA e DUAL, depois DU PONT DO BRASIL; Gerente Marketing e Vendas da BREFERTIL, no estado do ES; Consultor Técnico por vários anos e, hoje, é Consultor Técnico da Câmara Especializada de Agronomia – CEAGRO do Crea-ES.

Dr. Luis Humberto Villwock (Engenheiro Agrônomo, Consultor do IICA)

Mesa Redonda: Desafios e Oportunidades no Mercado de Trabalho em Agronomia | 13/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

Luis Humberto De Mello Villwock, 53 anos, é engenheiro agrônomo, (UFRGS – 1989), especialista em comércio exterior (UNISINOS/FGV/RJ – 1990), mestre em economia rural (UFRGS – 1993), doutor em Administração (UFRGS – 2002). Atualmente é Assessor da Superintendência de Inovação da PUCRS/Tecnopuc. Professor Adjunto da Escola de Negócios da PUCRS e sócio-fundador da Villwock Consultores Associados Ltda, desde 1997. Foi Coordenador Técnico do PACTO ALEGRE. Gestor de Relacionamento do Tecnopuc/PUCRS. Fundador do CriaLab – Lab. de Criatividade do Tecnopuc.  Coordenador da Rede de Inovação e Prospecção do Agronegócio (RIPA/RS). Coordenador do MBA em Economia e Gestão de Agronegócios (Unisinos/PENSA/FIA/USP). Consultor contratado pelo IICA, para o governo do RS.

Professor Dr. Marcos Fava Neves (Engenheiro Agrônomo, Membro do Conselho da IFAMA)

Mesa Redonda: Atribuição Profissional do Engenheiro Agrônomo - O que a Sociedade e o Empregador precisam saber? | 27/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela ESALQ/Universidade de São Paulo (1991), Mestrado (1995) e Doutorado (1999) em Administração pela FEA/Universidade de São Paulo. No Mestrado fez disciplina no IGIA França e no Doutorado ficou em 1998/99 na Universidade de Wageningen, Holanda. É Professor Titular dos cursos de Administração da FEA-RP/USP desde 1995 e da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getúlio Vargas, desde 2018. Professor Visitante Internacional da Purdue University (Indiana) desde 2013, da Universidade de Buenos Aires desde 2006 e da Universidade de Pretoria desde 2020. É especialista em planejamento estratégico e membro do Conselho da Associação Mundial de Alimentos (IFAMA). Publicou mais de 50 livros com sua equipe em 10 países e mais de 100 artigos em revistas científicas internacionais.

Professor Dr. Mateus Mondin (Engenheiro Agrônomo, Líder Científico do CYNGELA)

Mesa Redonda: Desafios e Oportunidades no Mercado de Trabalho em Agronomia | 13/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

Professor, Cientista e Empreendedor. Engenheiro Agrônomo e PhD em Genética e Melhoramento de Plantas pela ESALQ-USP

Professor do Departamento de Genética da ESALQ-USP. Honorary Research Fellow da University of Leicester – Inglaterra e Visiting Senior Sci/Scholar da Colorado State University – EUA

Ex-CEO da ESALQTec Incubadora de Startups e Criador do AgTech Valley – Vale do Piracicaba. Coordenador do Censo de AgTech Startups Brasil.

Tutor pelo Ministério da Educação do Programa de Educação Tutorial em Biotecnologia Agrícola (PET-Biotecnologia Agrícola)

Líder Científico do CYNGELA – Cytogenomics and Epigenetics Laboratory.

José Leonel Rocha Lima (Engenheiro Agrônomo, Extensionista Rural da EMATER-Rio)

Mesa Redonda: Segurança Alimentar e Inocuidade de Alimentos - Boas práticas de produção, logística, comercialização e rastreabilidade | 08/10/2020 - quinta-feira | 15h - 17h

EXTENSIONISTA RURAL DA EMATER-RIO DESDE 1983.

VICE-PRESIDENTE DA CONFEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE ENGENHEIROS AGRÔNOMO DO BRASIL.

CONSELHEIRO DO CONSELHO MUNICIAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL DO RIO DE JANEIRO.

CONSELHEIRO DO CONSELHO DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO.

EX-PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS AGRÔNOMOS DO RIO DE JANEIRO DE 2011 A 2019.

ESPECIALIZADO EM GEOREFERENCIAMENTO DE IMÓVEIS RURAIS PELA FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS EM 2012.

ESPECIALIZADO EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL RURAL PELA FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS EM 1986.

EX-DIRIGENTE DA SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULUTURA DO RIO DE JANEIRO, CEASA-RIO E EMATER-RIO.

ENGENHEIRO AGRÔNOMO DA NACIONAL PLANEJAMENTO E ESTUDOS LTDA. ATUANDO EM TODO O ESTADO DO RIO DE JANEIRO DE 1979 A 1983.

CARIOCA NASCIDO EM 1954 E DIPLOMADO EM AGRONOMIA PELA UFRRJ EM 1978.

 

Ilso da Silva Lopes Júnior (Engenheiro Agrônomo, Coordenador Estadual de Defesa Vegetal – CDV/SDA)

Mesa Redonda: Defesa Sanitária Vegetal Fluminense - missão, experiências, objetivos e desafios | 06/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

Formação: Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ (2000)

Experiência Profissional:

– Concursado em 2001 para ingressar o Serviço de Defesa Sanitária Vegetal da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Rio de Janeiro.

– Chefe do Núcleo de Defesa Agropecuária de São Francisco de Itabapoana (2002 – 2005)

– Coordenador Setorial de Controle de Trânsito de Vegetais – CDV/SDA (2005 – 2016)

– Coordenador Estadual de Defesa Vegetal – CDV/SDA (desde 2017)

MSc. Gilberto Fugimoto (Engenheiro Agrônomo, Criador do Método Agro Inovação, Diretor de Comunicação da CONFAEAB)

Mesa Redonda: Desafios e Oportunidades no Mercado de Trabalho em Agronomia | 13/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

Engenheiro agrônomo, UFV, Mestrado em Engenharia Ambiental, UFRJ, Engenharia de Segurança do Trabalho, CEFET, MBA Gerenciamento de Projetos.

Atuou na área social como subsecretário de Desenvolvimento Social em São Gonçalo e no ambiente corporativo no Sesc Rio, como gestor de projetos comunitários e ambientais. Trabalhou no Censo Agro IBGE, 2017.

Criador do Método Agro Inovação, que ensina a trabalhar com consultoria agronômica. É microempresário e trabalha com educação on-line, marketing, vendas e consultoria.

É diretor de comunicação e marketing da CONFAEAB – Confederação dos Engenheiros Agrônomos do Brasil.

Dr. Ednaldo Araújo (Engenheiro Agrônomo, Pesquisador da EMBRAPA)

Mesa Redonda: Agricultura Fluminense - Antes, durante e Pós COVID-19 | 20/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

Engenheiro Agrônomo.  Doutor em Agronomia – Ciência do Solo – pela UFRRJ. É Pesquisador da Embrapa Agrobiologia. É docente do Mestrado Profissional em Agricultura Orgânica da UFRRJ e do Mestrado Profissional em Agroecologia do IFES, Campus de Alegre, ES. É membro do comitê Gestor da Fazendinha Agroecológica Km 47. É membro do conselho técnico da ABIO e da Comissão técnica de Certificação do INT. Trabalha nos seguintes temas: sistemas orgânicos de produção e fixação biológica de nitrogênio

Dr. Antônio Carlos Sá de Gusmão (Professor e Vice Coordenador de Engenharia de Recursos Hídricos e do Meio Ambiente – UFF/ Niterói)

Mesa Redonda: Segurança Alimentar e Inocuidade de Alimentos - Boas práticas de produção, logística, comercialização e rastreabilidade. | 08/10/2020 - quinta-feira | 15h - 17h

Doutor em Engenharia de Transportes pela COPPE/UFRJ, com ênfase em Logística Urbana e Transporte de Carga. Foi Coordenador do Curso de Graduação em Engenharia de Agronegócios e Vice Coordenador de Engenharia de Produção na UFF em Volta Redonda. É Professor Associado e Vice Coordenador de Engenharia de Recursos Hídricos e do Meio Ambiente na Escola de Engenharia da UFF em Niterói.

Margarete Teixeira (Gerente Geral e Assessora da Diretoria na UNACOOP)

Mesa Redonda: Segurança Alimentar e Inocuidade de Alimentos - Boas práticas de produção, logística, comercialização e rastreabilidade | 08/10/2020 - quinta-feira | 15h - 17h

Projeto Rondon –INPS área de benefícios; Serviços Bancários (Recepção,contas corrente, Caixa,cobrança, aplicações Financeiras, Seguros, Assessoria Gerente,Sub Gerente) Produtora Rural período de 1981 à 1994,

Presidente Associação dos Peq. Prod.Rurais de Paracambi cargo Conselho Fiscal,Secretária, Financeira e Presidente. Como presidente representando meu município , fui uma das fundadoras da Unacoop-União das Associações e Cooperativas Usuárias do Pavilhão 30 – sede CEASA RJ.

A partir de 1994 quando encerrou meu mandato de direção na Unacoop fui convidada e assumir o Cargo de Gerente Administrativa e Operacional da entidade até hoje com muito orgulho representando a Agricultura Familiar suas organizações dentro de meu Estado.

Marcelo Aguiar (Coordenador de Inovação e Consultoria do SEBRAE-RJ)

Mesa Redonda: Agricultura do 1.0 ao 4.0. Onde estamos? Aonde precisamos chegar? | 22/10/2020 - quinta-feira | 15h - 17h

Engenheiro Mecânico pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Pós-graduação em Termociências pela PUC-Rio, MBA em Gestão do Conhecimento e Inteligência Empresarial pela Coppe/ UFRJ; MBA em Gestão Estratégica de Negócios e Inovação pela HSM Educação Executiva. Há 30 anos vem atuando em Desenvolvimento de Novos Produtos, Gestão de Projetos de Inovação e Sistemas de Inteligência Competitiva Setorial , em instituições como Senai-RJ/ Firjan e Sebrae. Trabalha no Sebrae/RJ desde 2001 e atualmente é o Coordenador de Inovação e Consultoria, da Gerência de Inovação e Soluções.

MSc. Leonardo Vicente da Silva (Engenheiro Agrônomo, Coordenador de Controle de Agrotóxicos CDV/SDA/SEAPA)

MINICURSO: Inovação Tecnológica no Controle de Agrotóxicos no Estado do RJ | 13 e 15 de Outubro | 10h - 12h // MESA REDONDA: Defesa Sanitária Vegetal Fluminense - missão, experiências, objetivos e desafios | 06/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h
  • Engenheiro Agrônomo – UFRRJ
  • Mestre em Engenharia de Biossistemas – UFF
  • Coordenador de Controle de Agrotóxicos CDV/SDA/SEAPA
  • Possui 20 anos de experiência em Manejo Integrado de Pragas

MSc. Arivaldo Ribeiro Viana (Coordenador de Pesquisa da PESAGRO-RIO)

Mesa Redonda: Agricultura Fluminense - Antes, durante e Pós COVID-19 | 20/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

Graduado em Agronomia pela Escola Superior de Agronomia do Espírito Santo (1976) e mestrado em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal de Lavras (1983). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Melhoramento Vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: produção de cana-de-açúcar para alimentação animal e utilização em agroindústrias. Pesquisador da PESAGRO-RIO, atualmente Coordenador de Pesquisa da Empresa.

Dr. Noé Xavier da Silva (Empresário, Sócio-fundador da IDHA TECNOLOGIA)

Minicurso: Sistema de Rastreabilidade para Engenheiros Agrônomos | 6 e 8 de Outubro de 2020 | 10h - 12h
  • Advogado, formado em Direito pela UNI-BH, em 2009.
  • Empresário, Sócio fundador da IDHA TECNOLOGIA.
  • Diretor da HORTIFRUTI  CAMPONÊS LTDA.
  • Diretor-Presidente da ACCeasa – Associação Comercial da Ceasa de Minas Gerais, gestão 2018/2021.
  • Diretor-Presidente do Grupo G7 Contagem, gestão 2020/2022.

Dra. Petula Ponciano Nascimento (Chefe Geral da Embrapa Solos – CNPS)

Mesa Redonda: Agricultura do 1.0 ao 4.0. Onde estamos? Aonde precisamos chegar? | 22/10/2020 - quinta-feira | 15h - 17h

Doutora em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento, mestre em planejamento urbano e regional e graduada em Ciências Econômicas. Pesquisadora da Embrapa na área de Socioeconomia. Atualmente é Chefe Geral da Embrapa Solos e desde 2018 acumula a função de Chefe Adjunta de Transferência de Tecnologia. No período de 2016 – 2017 esteve na supervisão da área de Relações Institucionais da Assessoria Parlamentar da Embrapa em Brasília. Foi Assessora do Gabinete da Presidência da Embrapa até final de 2011, onde exerceu o papel de articuladora da Embrapa junto ao Programa Brasil Sem Miséria, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Até setembro de 2011, atuou como Coordenadora de Articulação e Transferência de Tecnologia do Departamento de Transferência de Tecnologia da Embrapa.

 

Marcelo Monteiro da Costa (Diretor Técnico da EMATER/Rio)

Mesa Redonda: Defesa Sanitária Vegetal Fluminense - missão, experiências, objetivos e desafios | 06/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

Dra. Silvia Maria Fonseca Silveira Massruhá (Chefe Geral da Embrapa Informática Agropecuária)

Mesa Redonda: Agricultura do 1.0 ao 4.0. Onde estamos? Aonde precisamos chegar? | 22/10/2020 - quinta-feira | 15h - 17h

Chefe Geral e pesquisadora da Embrapa Informática Agropecuária, com doutorado em Computação Aplicada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e mestrado na área de Automação pela Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da Unicamp, com aproximadamente 90 publicações técnico-científicas e 25 softwares.  Nos últimos anos tem articulado projetos e parcerias nas áreas de IoT Rural, Bigdata e Analytics e tem participado do movimento de Agtechs atuando em programas de aceleração e mentoria de startups visando contribuir para a consolidação do ecossistema de inovação para Agricultura Digital no país.

Luciano Gonçalves de Lima (Engenheiro Agrônomo, Assessor de Agronegócios do Banco do Brasil)

Mesa Redonda: Agricultura Fluminense - Antes, durante e Pós COVID-19 | 20/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

Engenheiro Agrônomo graduado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), com Pós-Graduação em Agronegócios-UFLA, MBA Executivo em Meio Ambiente-COPPE/UFRJ e MBA Executivo em Engenharia-COPPE/UFRJ. Membro da Diretoria Executiva da AEARJ. Assessor de Agronegócios – Banco do Brasil. Instrutor na área de Crédito Rural, com cursos realizados em parceria com AEARJ e CREA-RJ. Professor Conteudista / Tutor do IBMEC Agro / MBA em Direito Agrário e Ambiental.

Nilo Sérgio de Medeiros Gomes (Graduando de Eng. Agronômica, Representante da FEAB)

Mesa de Encerramento | 29 de outubro de 2020 - Quinta-Feira | 15h - 17h

Graduando de Eng. Agronômica, Representante da Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil (FEAB) e Membro da Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro (AARJ).

Dr. Raul Lopez Palacio (Reitor da Universidade Estadual do Norte Fluminense – UENF)

Mesa de Encerramento | 29 de outubro de 2020 - Quinta-Feira | 15h - 17h

Possui graduação em Licenciatura em Química pela Universidad de La Habana (1991), mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas (1999) e doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas (2003). Ingressou como Professor Associado na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro- UENF em 2003, atuando no Laboratório de Materiais Avançados (LAMAV), vinculado ao Centro de Ciência e Tecnologia (CCT). Tem experiência em gestão acadêmica, sendo coordenador do curso de graduação em Engenharia Metalúgica e de Materiais no período de 2007 a 2012. Representou o CCT na Comissão Interna de bolsas de Iniciação Científica da UENF (PIBIC) de 2006 a 2013. Representante da graduação no Conselho de Centro do CCT de 2008 a 2010. Foi membro do Colegiado Acadêmico da UENF de 2012 a 2015. Chefe de Gabinete da Reitoria no período de Janeiro de 2016 a Junho de 2019. Coordenador do Programa de Extensão UENF PORTAS ABERTAS, que inclui três projetos: Conhecendo a UENF; UENF Digital, e UENF Rede Social. Reitor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro desde janeiro de 2020. Tem experiência na área de Engenharia de Materiais e Metalúrgica, com ênfase em biomateriais, atuando principalmente nos seguintes temas: biomateriais, materiais compostos, polímeros, caracterização e avaliação mecânica.

Dr. Evaldo Ferreira Vilela (Engenheiro Agrônomo, Presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq)

Palestra de Abertura | 1 de outubro de 2020 - Quinta-Feira | 15h - 17h

Evaldo Ferreira Vilela, possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa – UFV (1971), mestrado em Entomologia pela Universidade de São Paulo e doutorado em Ecologia Química, pela University of Southampton, UK. Professor Titular e atualmente Professor Voluntário/Colaborador da UFV. Foi Reitor da Universidade Federal de Viçosa (2000-2004), foi Chefe do Departamento de Biologia Animal, Diretor do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde e criador e Coordenador do Programação de Pós-Graduação em Entomologia e Biologia Animal. Membro fundador do Centro de Biotecnologia Aplicada à Agricultura – BIOAGRO, onde desenvolveu projetos de pesquisa financiados e publicou mais de cem artigos científicos referenciados e desenvolveu intercâmbio com instituições internacionais, como estágios nas Universidades de Tsukuba, California-Davis e Nurenberg-Erlangen Foi membro do Conselho Curador, da Diretoria de Ciência, Tecnologia e Inovação e também Presidente (2015-2020) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, – FAPEMIG, Membro de Comitês Assessores do CNPq, CAPES, FAPEMIG e FINEP; foi membro da CTNBio, do Comitê do PRONEX, da Comissão Nacional dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia – INCT; do Comitê de Avaliação Externa da Embrapa Cenargen. Foi Diretor da Fundação de Apoio a UFV – FUNARBE, Presidente da Sociedade Entomológica do Brasil, da Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária e Coordenador do Projeto Inovação Tecnológica para a Defesa Agropecuária (encomenda CTAgro/MCT/CNPq). Foi Secretário Adjunto de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado de Minas Gerais (2007-2014) e Gerente do Projeto Estruturador Rede de Inovação Tecnológica do Governo de Minas Gerais. Atua como professor e pesquisador nas áreas de Agricultura, Entomologia, Ecologia Química e Comportamento de Insetos, Controle Biológico. Tem se dedicado a Inovação Tecnológica, tendo criado o Sistema Mineiro de Inovação – SIMI e atuou no Comitê Gestor do SEED – Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development. Foi membro do Fundo de Capital Semente CRIATEC/Antera/BNDES. É membro do Conselho do Parque Tecnológico de Belo Horizonte – BHTEC, Conselho do SEBRAE-MG. É membro da Academia Brasileira de Ciências. Pesquisador 1A do CNPq (de 1996 a 2014). Foi Presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa – CONFAP (2019-2020). Atualmente é Presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico  – CNPq

Ana Paula Guimarães de Farias (Engenheira Agrônoma, Presidente da AEARJ)

Mesa de Encerramento | 29 de outubro de 2020 - Quinta-Feira | 15h - 17h

Engenheira Agrônoma formada pela UFRRJ, Pós graduada em Gestão de Recursos Hídricos pela COPPE/UFRJ, Perita Judicial, Mestranda em Engenharia de Biossistemas pela UFF, Patologista Clínica, Professora. Presidente da AEARJ, Inspetora Administrativa do CREA/RJ em Itaboraí e Coordenadora Adjunta do CDER/RJ. Atualmente atua como Assistente Técnica na Subsecretaria de Desenvolvimento Econômico da Pesca e Aquicultura – SUBDEPA do Governo do Estado do Rio de Janeiro, na SEDEERI.

 

Prof. Dr. Marcus Peixoto (Engenheiro Agrônomo, Consultor Legislativo do Senado Federal)

Mesa de Encerramento | 29 de outubro de 2020 - Quinta-Feira | 15h - 17h

Engº Agrônomo (UFV), Mestre e Doutor em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (UFRRJ), Pós-Doutorado em Políticas Públicas, Estratégia e Desenvolvimento (IE/UFRJ), Pós-Doutorando na Faculdade de Direito da UFMG. Presidente da Associação dos Consultores e Advogados do Senado Federal – ALESFE e Consultor Legislativo do Senado Federal.

Dr. Antônio José de Araujo Moreira (Auditor Fiscal Federal Agropecuário – (SISV/DDA/SFA-RJ))

Mesa Redonda: Defesa Sanitária Vegetal Fluminense - missão, experiências, objetivos e desafios | 06/10/2020 - terça-feira | 15h - 17h

2004    Doutorado Pleno no Exterior na Iowa State University, Ames (IA), USA.

Major- Plant Pathology, Minor- Statistics. Tese: Use of remote sensing, geographic information systems, and spatial statistics to assess spatio-temporal population dynamics of Heterodera glycines and soybean yield and quality.

2003    46º recipiente do The Storkan-Hanes-MacCaslin Research Foundation Award, Prêmio Nacional pelo melhor projeto de pesquisa em epidemiologia de patógenos de solo em 2003. Congresso da American Phytopathological Society.

2003    Aceito como membro da The Honor Society of Agriculture Gamma Sigma Delta em reconhecimento ao excelente desempenho acadêmico no Doutorado.

2001    Apresentação do trabalho científico (2° Lugar): Quantifying soybean cyst nematode injury and its qualitive impact in soybean yield. North Central Conference – American Phytopathological Society, Kansas City.

MSc. Renata Briata (Superintendente Federal de Agricultura – SFA/RJ/MAPA)

Mesa de Abertura | 1 de outubro de 2020 - Quinta-Feira | 15h - 17h

Zootecnista e Médica Veterinária.
Pós graduação em segurança Alimentar, mestrado em Agricultura Orgânica.
Atuou como coordenadora de agricultura da prefeitura de Duque de Caxias.
Hoje Superintendente Federal de Agricultura no Estado do Rio de Janeiro MAPA-SFA/RJ

Glauco Souza Barradas (Representante da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento – SEAPPA)

Mesa Redonda: Agricultura Fluminense - Antes, durante e Pós COVID-19 | 20/10/2020 - terça-feira | 5h - 17h

Pós-graduado em Irradiação de Alimentos. UFF, conclusão em 2009.
Graduado em Bacharel em Biologia Marinha. FAMATH, conclusão em 1992.

MSc. Fernando Mendes (Secretário de Agricultura de Teresópolis)

Mesa de Abertura | 1 de outubro de 2020 - Quinta-Feira | 15h - 17h

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro UFRRJ – 1989.

Pós Graduado em Gestão e Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública ENSP – 1992

Mestre em Cirurgia pelo Programa de Pós-Graduação em Cirurgia Geral da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ – 2006.

Pós Graduado em Videocirurgia pelo Curso de Pós Graduação em Laparoscopia e Histeroscopia Ginecológica do Centro Universitário Serra dos Órgãos – UNIFESO – 2014.

Secretário Municipal de Saúde de São José do Vale do Rio Preto – 1991

Chefe da Divisão de Produção Animal da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Prefeitura Municipal de Teresópolis, RJ 1992 a 1996;

Assessor Técnico da Presidência EMATER-RJ, 2004

Responsável pela criação e implantação do Serviço de Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde de Teresópolis, RJ 2006 a 2008;

Secretário Municipal de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Prefeitura Municipal de Teresópolis, RJ 2009 a 2011 e 2014 a 2015.

Diretor da Clínica Escola de Medicina Veterinária Luiz Cataldi, do Curso de Graduação em Medicina Veterinária do Centro Universitário da Fundação Educacional Serra dos Órgãos – UNIFESO.  2011 a 2012

Secretário Municipal de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Prefeitura Municipal de Teresópolis, RJ 2018 até a presente data.

Fabiano de Carvalho Balieiro (Engenheiro Agrônomo, Pesquisador da EMBRAPA Solos e Professor da UFRRJ)

Mesa Redonda: O Engenheiro Agrônomo e os desafios agroambientais do Estado do Rio de Janeiro | 15/10/2020 - quinta-feira | 15h - 17h

Engenheiro Agrônomo (1995), Mestre em Solos e Nutrição de Plantas (1999) e Doutor em Ciência do Solo (2003). Desenvolve pesquisas nas linhas de ciclagem de nutrientes, dinâmica da matéria orgânica do solo e fixação biológica de nitrogênio em florestas mistas e sistemas integrados de produção. Colabora em projetos de microbiologia ambiental relacionando alterações da microbiota do solo decorrentes do uso e manejo da terra e que impactam as emissões de GEE e com pesquisadores da rede de pesquisa com biocarvão (biochar). É professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Florestais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e também Bolsista Produtividade do CNPq

GALERIA

WEBINAR IX CEA: Como se preparar para a apresentação

Cobertura Congresso Brasileiro de Agronomia 2019 no Rio de Janeiro

Posse da Diretoria da AEARJ 2019

Abertura Oficial do CBA Rio 2019 – Teatro Municipal do Rio de Janeiro

XXXI Congresso Brasileiro de Agronomia CBA 2019

AEARJ | Linha do Tempo – Terceira Fase (Parte 1)

AEARJ | Linha do Tempo – Primeira Fase

XVI CBA Gramado 2009

Simpósio do Ano Internacional do Solo no Rio de Janeiro

Inscreva-se no nosso canal do youtube

PATROCINE

Associe sua marca ao mais tradicional evento Estadual de agronomia do país, engajando-a com as tendências e discussões atuais dos diversos segmentos do mercado e aproximando-a dos principais profissionais da área.

Participar do IX Congresso Estadual de Agronomia do Rio de Janeiro como patrocinador é uma grande oportunidade de se relacionar com profissionais, especialistas e autoridades do setor. Um espaço importante para a divulgação da sua empresa.

Entre em contato:

Confira as oportunidades de patrocínio Chat Whatsapp

Contato

Patrocínio

APOIO INSTITUCIONAL

REALIZAÇÃO

ORGANIZAÇÃO